quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Fomos observar aves na ZPE de Mourão/Moura/Barrancos


No passado dia 30 de Novembro de 2013, na companhia de um amigo, efectuámos um passeio na ZPE de Mourão/Moura/Barrancos onde percorremos uma parte desta vasta área e podemos observar uma diversidade bastante grande de aves. Pela sua dimensão destaco o Grou (Grus grus), pois é uma espécie que utiliza esta região para passar o inverno.


Nesta altura do ano as pequenas barragens acolhem uma grande variedade de aves aquáticas. Durante este passeio destaco o Pato-de-bico-vermelho (Netta rufina), o Zarro-comum (Aythya ferina), o Zarro-negrinha (Aythya fuligula) e a presença de 3 indivíduos de Zarro-castanho (Aythya nyroca). 



Os Milhafres-reais (Milvus milvus) são frequentemente observados a percorrerem os campos, assim como os Peneireiros-cinzentos (Elanus caeruleus) são observados pousados nos postes de telefone.

Apesar de estarmos completamente a descoberto um Guarda-rios ignorou a nossa presença e continuou na sua tarefa diária em busca de alimento. A imagem seguinte é uma composição de várias fotografias tiradas ao Guarda-rios durante os seus voos picados num pequeno açude.



Veja aqui a lista de espécies observadas

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Gaivota-de-patas-amarelas F260

Gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis), com anilha F260 de origem portuguesa, observada às 16h32m do dia 2 de Outubro de 2013, no Cabo de São Vicente em Sagres. Esta gaivota só tem uma pata e foi recuperada pelo Rias.


Posteiormente colocarei mais detalhes sobre a data da anilhagem No entanto em pesquisa no blog do Rias encontrei um video que poderá ser o momento da libertação desta gaivota.




Aqui fica o historial desta gaivota, que foi anilhada depois um período de recuperação no RIAS - Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens Ria Formosa. A pata direita da gaivota teve que ser amputada devido a um fios de pesca.

Desde a data em que foi libertada já foi observada e fotografada várias vezes em Ferragudo (30-03-2013) e em Sagres (22-08-2013 e 02-10-2013).


Ringing date: 14-03-2013 Ringing location: Quinta de Marim, Olhão
Age: 3rd year

Ringer: Thijs Valkenburg
Note: Only one leg!
Color ring: F260 Metal ring: M036050







Gaivota-de-patas-amarelas OG·91

Gaivota-de-patas-amarelas (Larus michahellis), com anilha OG-91 de origem espanhol, observada às 12h25m do dia 30 de Setembro de 2013, no Porto da Baleeira em Sagres (Ponto A). A anilha metálica tem a seguinte inscrição: 6 - 183183 ICONA



A informação foi submetida no euring no dia 30/9/2013, tendo recebido a informação de que a ave foi anilhada por Rafael Sanchez no dia 01-jun-2009 em Espanha, Cádiz, Chiclana, Esteros del Sur (Ponto B)

 

Ver mapa maior

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Birdwatching Tour in IBA of Arraiolos

In the weekend I had an enjoyable tour for bird watching around Arraiolos, with a friendly group of American birders. We can observe the Northern Wheatear, Little Ringed Plover, Common Sandpiper, Grey Herons, Eurasian Spoonbill, Hoopoe, Zitting Cisticola, Willow Warbler, Spotted Flycatcher, European Pied Flycatcher, Wood Lark, dozens of Goldfinches, Blue Tit, Sardinian Warbler, some Griffon Vulture and many more. We can enjoy a spectacular observation of two Booted Eagles flying over the group.


Note that the group was all female and the older was 85 years old. This is a reality very different from the Portuguese.

Northern Wheatear (Oenanthe oenanthe)

Booted Eagle (Aquila pennata)


 

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Birdwatching tour - Lagoa Patos

Tags
O dia nasceu coberto de nuvens e com temperatura baixas de mais para a época em que estamos, mas o serviço de metereologia já tinha anunciado baixas significativas na temperatura. Dirigi-me à Pousada dos Loios onde Max e Elizabeth Hopfl estavam alojados e seguimos viagem para uma manhã de observação de aves. Efectuámos a primeira paragem à saída de Alvito onde podemos observar vários abelharucos na sua azáfama para levar alimento às suas crias. Aqui também observámos várias pêgas-azuis e um falcão-peregrino adulto que passou por cima de nós. Seguimos caminho até à Lagoa dos Patos onde passamos o resto da manhã e observamos 54 espécies. De salientar a ocorrência de uma Garça-imperial, um Papa-ratos, um maçarico-de-bico-direito, dois Abibes, 17 Grifos e um abutre-do-egipto imaturo.


The day dawned with cloud cover and low temperature, but the service of meteorology had already announced significant low in temperature. I headed to Pousada dos Loios where Max and Elizabeth Höpfl were staying. We continue driving for a morning of bird watching near Évora. We performed the first stop outside of Alvito where we can observe several European Bee-eater in your bustle to bring food to their chicks. Here we also observed several Azure-winged Magpie and one peregrine falcon adult who ran over us. We follow to the Patos Lagoon where we spent the rest of the morning and observed 54 species. To emphasize the occurrence of a Purple Heron, a squacco-heron, a Black-tailed Godwit, two Lapwings, 17 Griffon Vulture and one Egyptian Vulture immature.



Azure-winged Magpie (Cyanopica cyanus)

Southern Grey Shrike (Lanius meridionalis)

Collared Pratincole (Glareola pratincola)

Black-winged Stilt (Himantopus himantopus)


A lista completa está publicada aqui: http://ebird.org/ebird/view/checklist?subID=S14352287



quarta-feira, 29 de maio de 2013

Um dia em cheio (parte 2 - Castro Verde)

Depois de uma manhã em cheio na Lagoa dos Patos seguimos para Sul em direcção a Castro Verde para tentar observar e fotografar as espécies típicas desta zona. De todas as espécies estepárias que aqui ocorrem a que não observámos foi o sisão. Os campos estão bastante secos e o calor faz-se sentir o que prejudica em muito a fotografia de aves.
Aqui deixo alguns registos fotográficos de algumas espécies que observámos durante este dia.

Abutre-negro / Cinereous Vulture (Aegypius monachus)
Os abutres-negros e os grifos sobrevoam os campos em busca de alimento. Este em particular estava a sobrevoar um cadáver de raposa que estava no meio da estrada.










Águia- Imperial /Spanish Imperial Eagle (Aquila adalberti)




Imaturo de Águia imperial








Rolieiro / European Roller (Coracias garrulus)




O Rolieiro é das aves mais lindas que ocorrem em Portugal



Um bando de cegonhas brancas que aproveitava as térmicas

Cegonha-negra / Black Stork (Ciconia nigra)





Um imaturo de cegonha-negra...








Petinha campestre / Tawny pipit (Anthus campestris)
Calhandra-real / Calandra Lark (Melanocorypha calandra)




























Chasco-ruivo / Black-eared Wheatear (Oenanthe hispanica)
Chasco-ruivo / Black-eared Wheatear (Oenanthe hispanica)

terça-feira, 28 de maio de 2013

Um dia em cheio (parte 1 - Lagoa dos Patos)


No passado fim-de-semana na companhia dos amigos PAlves e SCoelho efectuámos um passeio para observar aves. O nosso objectivo eram a Lagoa dos Patos e as planícies de Castro Verde. Levantamos bem cedo, ainda de noite, e seguimos para o primeiro dos locais onde chegamos ao nascer do dia. Não fotografei o momento, mas é uma boa experiência. É sempre um momento especial ver o nascer do dia com as aves a circularem de um lado para o outro. Em 2012 tirei uma fotografia neste lugar a qual gosto muito (podem ver aqui).

Coloco aqui algumas fotos de aves que tirei.

Eurasian Tree Sparrow / Pardal-montês (Passer montanus)

Os Pernilongos estão por todo o lado.

Black-winged Stilt / Pernilongo (Himantopus himantopus)
Um casal de Frisadas que passou por cima do pessoal.

Gadwall / Frisada (Anas strepera)


Mais uma exótica que se está a espalhar pelo país.

Yellow-crowned Bishop / Bispo-de-coroa-amarela (Euplectes afer)

Aqui fica uma das aves do casal de calhandrinhas que observámos

Calhandrinha-comum / Greater Short-toed Lark (Calandrella brachydactyla)

Fica aqui a lista de espécies que observámos neste local. (Lista de dia 26/05/2013)



sábado, 13 de abril de 2013

Pato-ferrugíneo (Tadorna ferruginea)

Hoje, na companhia de Christine A. efectuei um passeio pela zona de Évora e observámos dois Patos-ferrugineos a alimentarem-se na margem da barragem de Vale de Moura. Os patos estavam bastante longe, cerca de 500m e com eles andava um pato-real.



Esta observação foi submetida ao CPR.

quarta-feira, 20 de março de 2013

Twitching - Castro Marim

No passado dia 16 acompanhei um grupo de twitcher's* que tinha como objectivo a observação de algumas espécies só possíveis de observar no sul de Portugal. As espécies alvo eram a Calhandrinha-das-marismas (Calandrella rufescens) e a Gaivota-de-bico-fino (Chroicocephalus genei). A Calhandrinha-das-marismas é uma pequena ave cuja distribuição está restrita ao sudeste do país, nomeadamente à área da Reserva Natural de Castro Marim.




Ver mapa maior

Incluo um video feito pelo Paulo Alves da Calhandrinha-das-marismas.




 Quanto à Gaivota-de-bico-fino foi possível observar um indivíduo adulto na Estrada das 4 águas, em Tavira, juntamente com 5 Gaivotas-de-audouin (Larus audouinii).


Ver mapa maior

Fica aqui a lista de espécies observadas durante esta visita: Castro Marim e Tavira.


* twitcher = Termo inglês que se refere a birdwatchers que viajam longas distâncias para observar uma nova espécies para a adicionarem à sua lista (lifelist) ou lista do ano, ou outras.

segunda-feira, 11 de março de 2013

Pato-de-rabo-alçado-americano (Oxyura jamaicensis)

Hoje num curto passeio entre um momento em que não chovia fui até ao campo espairecer e na Barragem dos Ruivos, perto de Évora observei um macho de Pato-de-rabo-alçado-americano (Oxyura jamaicensis). A foto não é grande coisa pois entretanto começou a chover outra vez.

Esta ave tem sido observada na região nos últimos anos e eu já a tinha fotografado em Abril de 2011. Ver aqui.




quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Cegonhas Anilhadas em Vale Santo

No mês de Outubro de 2012 observei estas duas cegonhas-brancas anilhadas, em Vale Santo, perto de Sagres. 



A ave com a anilha vermelha com o código "e+78" foi anilhada a 28 de Maio de 2005 perto de Aljezur e tem sido observada em vários locais.

A ave com anilha amarela com o código "a+501" foi anilhada a 28 de Maio de 2007, perto de Odemira.

Trata-se de um casal residente na zona de Sagres


terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Passeio matinal perto Évora

Os dias de sol convidam a um passeio pelo campo para observar aves. Por todo o lado se ouvem os trigueirões com o seu canto característico. As águias de asa redonda são observadas frequentemente nos postes junto às estradas. Se olharmos com atenção podemos ver bandos de abibes um pouco por todo o lado. Bastante longe da estrada ainda foi possível observar um bando de 23 abetardas.


Pardar-espanhol (Passer hispaniolensis)

Esta perdiz atravessou a estrada e deixou-se fotografar.
Perdiz-comum (Alectoris rufa)

Os milhafres-reais podem ver-se por todo o lado.
Milhafre-real (Milvus milvus)

Casal de patos-reais num pequeno açude.
Pato-real (Anas platyrhynchos)







domingo, 27 de janeiro de 2013

Big Year

Qualquer observador de aves anota as suas observações num caderno de campo e vai criando uma lista com as espécies que vai observando ao longo da sua vida. Alguns observadores levam estas listagens mais a sério e vão criando listas anuais, por país, por local, etc. Com o aparecimento de aplicações na Internet estas listagens tornam-se mais fáceis de gerir. Como é o exemplo do site www.bubo.org.

O que é o Big Year

Trata-se de uma competição informal entre os birdwatchers com o objectivo de registarem o maior número de espécies numa determinada área geográfica durante um ano completo. Mais informação na wikipedia.

Quem começou

Esta competição começou a tomar forma nos Estados Unidos da América em 1939... vejam a história na wikipedia.

O filme

Em 2011 esta competição deu origem a à comédia "The Big Year", protagonizada por Owen Wilson, Jack Black and Steve Martin nos principais papéis.






Em Portugal

No nosso país esta competição não atinge as proporções americanas, mas nos últimos anos, alguns ornitólogos têm utilizado o site www.bubo.org para registarem as suas observações em Portugal.

Como manter-se actualizado

Existem alguns sites que pode visitar para se manter actualizado sobre as espécies mais raras que vão sendo observadas em Portugal:

  • http://raridades.avesdeportugal.info/
  • http://raridadesportugal.blogspot.pt/
  • http://groups.yahoo.com/group/raridades/

Para além destas dicas saia mais vezes para o campo, desfrute, divirta-se e partilhe.